São os momentos de instabilidade financeira que revelam o verdadeiro poder de investimento de uma pessoa. Não pela quantidade de dinheiro disponível, mas pela forma de fazê-lo render. Quando a economia está parada, é preciso ser cauteloso e corajoso ao mesmo tempo. Se por um lado não há como prever exatamente qual será o comportamento do mercado, por outro as oportunidades podem ser únicas e imperdíveis.

Mas, acima de tudo, é preciso entender que existem investimentos possíveis e rentáveis a todos os perfis, desde os mais conservadores até os mais ousados. Por isso, antes de tomar uma decisão, entenda qual é o seu perfil e como essas características podem ser usadas ao seu favor.

Se você quer investir o seu dinheiro e precisa descobrir uma forma de fazê-lo mesmo com a economia parada, continue lendo esse texto. Separamos 5 dicas de investimentos rentáveis que podem mudar a sua vida financeira.

1. Tesouro prefixado: investimentos bancários seguros

O tesouro prefixado é um investimento feito por meio de uma instituição financeira. Ele é chamado dessa forma pois a taxa de juros sobre a qual o seu dinheiro irá render é pré-determinada. Ou seja, independentemente das variações do mercado, você terá a garantia de um rendimento fixo todo mês.

Essa é uma opção interessante principalmente quando há uma previsão de queda da Taxa Selic. Isso porque, no início do contrato, o seu investimento renderá dentro de uma média normal entre o mercado, mas, assim que a Selic cair, os seus ganhos serão maiores que a média.

Esse é um ponto de atenção aqui, pois é importante que ficar atento ao percentual fixado e à previsão da Selic. Essa variação vai determinar se esse é um investimento que valerá a pena.

2. Tesouro IPCA+: investimentos rentáveis a longo prazo

O tesouro IPCA+ é mais uma forma de adquirir títulos públicos federais. Ou seja, é um dos instrumentos usados pelo governo para pegar dinheiro emprestado da população. A vantagem para quem opta por esse tipo de investimento está na taxa de juros. Quanto maior ela é, maior será o rendimento.

Especificamente no caso do IPCA+, o título é comprado num dia qualquer e vendido novamente para o governo no dia do seu vencimento. Em retorno, o investidor recebe o valor investido acrescido de uma remuneração acertada no dia da compra.  

Um ponto importante aqui é que o IPCA+ deve ser declarado no Imposto de Renda entre os investimentos tributáveis. Ou seja, existem taxas a serem pagas. Elas variam entre 22%, para períodos até 180 dias, e 15% para aqueles acima de 720 dias. Independentemente do prazo, esse é um investimento que deve ser mantido até o final do contrato. Caso contrário, os prejuízos são praticamente certos.

3. Imóveis: os bens duráveis que rendem dinheiro

Os imóveis são uma das formas mais antigas de investir seu dinheiro e fazê-lo render. Especificamente em tempos econômicos difíceis, eles podem representar oportunidades imperdíveis. Isso porque, quando as taxas de juros e a oferta de imóveis estão altas, as imobiliárias são obrigadas a vendê-los a preços mais baixos.

O comportamento de mercado por trás disso é o fato de que o financiamento se torna mais difícil. Uma vez que as prestações sofrerão variações grandes por causa das taxas de juros, não há como prever o valor final que será gasto. Portanto, se você tem dinheiro em caixa para comprar um imóvel à vista ou em poucas prestações, essa é a hora de fazê-lo.

Mas não apenas imóveis únicos devem ser considerados. Existem ainda os fundos imobiliários, que nada mais são que condomínios de investidores com múltiplas oportunidades. Eles podem acontecer com prédios comerciais ou residenciais, urbanos ou rurais, construídos ou em construção. O objetivo é fazer o dinheiro render com a venda ou o aluguel desses espaços.

4. Franquias: investimentos para quem quer trabalhar por isso

Todas as outras opções que demos até agora têm um fator comum que é: elas fazem o seu dinheiro trabalhar por você. As franquias são para aquelas pessoas que querem investir não apenas o seu dinheiro, mas também o seu tempo. A contrapartida está no retorno: a lucratividade fica em torno 25% ao mês, bem maior que os outros investimentos. É para quem tem o espírito empreendedor, mas que não quer ter que testar todo o modelo de negócios, produtos e estratégias.

Basicamente, a franquia é uma empresa própria, mas que funciona de acordo com um modelo determinado pela matriz. Desde os produtos, fornecedores, logísticas, treinamentos e até a decoração do seu ponto de venda. Ou seja, toda a operação da empresa já estará pronta e você só precisará colocar a mão na massa e começar a trabalhar.

Mas antes disso é necessário um investimento. Esse valor varia de marca para marca e é influenciado por uma série de fatores. Decidida qual a melhor marca para o seu investimento, existe uma série de etapas que devem ser cumpridas para abrir uma franquia. Acima de tudo, esse é um modelo de investimento para quem quer trabalhar no seu próprio negócio, sozinho ou com a parceria de um sócio.

5. Certificado de Depósito Bancário: emprestar dinheiro para o banco

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é uma modalidade de investimento na qual você empresta dinheiro para o banco. Parece estranho, mas na realidade é uma forma muito inteligente de fazer o seu dinheiro render.

O que acontece é que as taxas cobradas pelo banco para realizar essa operação são significativamente menores que aquelas praticadas nos empréstimos. E é dessa diferença que o seu lucro sai. O retorno é pós-fixado e geralmente muito próximo ao percentual da Taxa Selic.

A grande vantagem aqui é a segurança desse investimento. Tão seguro quanto a poupança, mas com rendimentos mais altos. A instituição que garante isso é o Fundo Garantidor de Crédito, que protege o mercado financeiro e os investidores. Em caso de quebra do banco, o FGC reembolsa o investidor.

Incertezas econômicas têm grandes impactos nas decisões de investimentos. A questão fica entre a segurança das aplicações com um rendimento menor, ou o risco daquelas que trarão mais dinheiro em menos tempo. A boa notícia é que existem investimentos para todos os perfis de pessoas, mesmo quando a economia parece parada. Siga essas dicas de investimentos e veja seu dinheiro trabalhar por você.

Se você leu até aqui e ficou com alguma dúvida, comente aqui embaixo. Queremos te ajudar a ficar mais tranquilo financeiramente!